16 de out de 2010

Curso de Formação Continuada: Tecnologias da Informação e comunicação Acessíveis

O referido curso, do qual estou participando, tem me oferecido embasamento para saber utilizar, no contexto educativo, tecnologias de informação, recursos (hardware e software) de acessibilidade e objetos de aprendizagem, com criticidade e autonomia, para projetar a escola como tempo-espaço integrador de instrumentos de inserção sociodigital.
Dentre as atividades desenvolvidas nesse curso, destaco duas:

1. O trabalho com a aluna July ao PC, utilizando o software SEBRAN, que auxilia no processo de alfabetização e letramento; no intuito de tornar o processo ensinoaprendizagem mais significativo e prazeroso para a July, contribuindo com o trabalho dos professores, a aluna foi levada à sala informatizada e foi orientada a operar o programa SEBRAN. A garota demonstrou certa familiaridade e empolgação com o computador.

2. O trabalho com o aluno Willian; no intuito de motivar o aluno para a leitura e escritura, ele foi orientado a criar (com monitoria) um e-mail e interagir com outros colegas.
em ambos os casos, percebi que o computador pode representar um importante papel no ensinoaprendizagem por pessoas com deficiências, pois seus recursos podem facilitar e socializar a produção dos conhecimentos, a ter mais autoconfiança e elevar a autoestima, aflorando um sentimento de competência que contribui para aumento da afetividade e dos vínculos, não se podendo separar o cognitivo do afetivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário